Competidores durante partida no III Torneio de Xadrez (Foto: Al. Thainá Reigoto / Jornal Pelicano)

28 de outubro de 2017. Para a maioria, um dia normal, mas não para o CIAGA (Centro de Instrução Almirante Graça Aranha), que neste dia organizou o III Torneio de Xadrez.

Participantes

No salão nobre do GVREFOMM (Grêmio de Vela e Remo da EFOMM), reuniram-se alunos da EFOMM (Escola de Formação de Oficiais da Marinha Mercante), CN (Colégio Naval), do CMRJ (Colégio Militar do Rio de Janeiro), além de cadetes da AMAN (Academia Militar das Agulhas Negras), representantes do CBMRJ (Corpo de Bombeiro Militar do Rio de Janeiro) e servidores civis.

Regras da competição

Antes de ser dado o início as partidas, o árbitro se dirigiu aos competidores para a leitura das regras da competição, além de ser passado para eles a conduta que cada um deveria ter, caso alguma infração fosse cometida. Nesse ano, a disputa ocorreu no formato suíço, tendo duas modalidades: a por equipe e individual. Por equipes, somavam-se as quatro melhores pontuações de cada instituição e somava-se os pontos. Individualmente, o que tivesse melhor resultado, levantaria o troféu.

Sistema de pontuação

A competição foi composta por sete rodadas, tendo cada uma limite de 20 minutos, com um determinado intervalo entre elas. As duplas eram sorteadas por um sistema de acordo com os pontos que cada um somava na partida anterior, competindo entre si os que tinham resultados semelhantes. Os que ganhassem somariam 1 ponto; quem empatava, 0,5; e derrota, 0. Vencia, a disputa individual, portanto, o que juntasse mais pontos.

A disputa

Reunindo diferentes gerações de enxadristas, o torneio ficou marcado ao excelente nível dos participantes e com surpresas quanto aos resultados. O destaque durante toda a competição foi do campeão do torneio, Vinícius Chagas, irmão do aluno da EFOMM, também participante, Chagas. Apesar de ser o seu primeiro torneio, mostrou durante todo o tempo concentração e habilidade nas partidas. 

Partida entre o Al. Thiago Ninck, da EFOMM, contra o vencedor, Vinícius Chagas (Foto: Al. Thainá Reigoto / Jornal Pelicano)

Premiação

Após um dia inteiro de competições, foi feita a cerimônia de premiação. Por equipes, o Grêmio de Xadrez da EFOMM consagrou-se campeão, mostrando o resultado do intenso treinamento durante o ano. Totalizaram, portanto, um aproveitamento de 80% durante o ano de 2017.

Alunos do CMRJ durante intervalo da competição (Foto: Al. Thainá Reigoto / Jornal Pelicano)

Além disso, vale ressaltar a participação brilhante dos alunos do CMRJ, que apesar de ainda serem a mais nova geração de competidores de xadrez, mostraram grande estratégia e entusiasmo com o evento.

Agradecimentos finais

O evento foi realizado pela equipe de xadrez da EFOMM, em parceria com o Instituro Militar de Engenharia (IME) e da Sociedade Acadêmica da Marinha Mercante (SAMM). Teve como escopo a aproximação das escolas militares e de toda comunidade de xadrez do Estado do Rio de Janeiro.

A equipe da EFOMM agradece à participação de todos. Os agradecimentos especiais são para aqueles que tornaram esse evento possível e treinaram seus competidores para que ocorresse no mais alto padrão: Vice-Almirante Garcia, 1T Henrique e professor Mauro Ribas, sob patrocínio da representante do Banco do Brasil, Aline Vilela.

Preparem-se! Em 2018 ocorrerá o IV Torneio de Xadrez!

Confira as fotos do evento abaixo:
III Torneio CIAGA de Xadrez