Na tarde do dia 08 de junho, no pátio da bandeira do Centro de Instrução Almirante Graça Aranha (CIAGA), alunos da Escola de Formação de Oficias da Marinha Mercante (EFOMM), participaram de cerimônia alusiva aos 152 anos da Batalha Naval do Riachuelo, decisiva vitória da Marinha do Brasil na Guerra da Tríplice Aliança.

O Brasil espera que cada um cumpra o seu dever!

Fragata a Vapor Amazonas (Foto: naval.com.br/ngb/A/A052/A052.htm)

A Batalha Naval do Riachuelo

A mais importante peleja da história da Marinha brasileira, ocorreu nas margens do arroio do Riachuelo, um afluente do rio Paraguai, no dia 11 de junho de 1865. Tendo sido decisiva para a vitória do Império do Brasil, na guerra da Tríplice Aliança, disputada contra o Paraguai, em conjunto com Argentina e Uruguai.

Este combate foi fundamental para que o Brasil pudesse obter a livre navegação no rio Paraguai, além de ter proporcionado exemplos de patriotismo, como o do marinheiro Marcílio Dias, que lutou bravamente para a glória do pavilhão nacional.

Sustentar o fogo, que a vitória é nossa!

A Cerimônia

Em solenidade presidida pelo Exm.º Sr. Contra-Almirante Vanley Monteiro Soares, comandante do CIAGA, foram lidas as ordens do dia, feitas pelo Exmº. Sr. Presidente da República e Comandante da Marinha, em que foram destacadas a bravura e iniciativa dos marinheiros brasileiros, ressaltando o espírito de união existente naqueles homens e relembrados os exemplos deixados pelo Almirante Barroso e o Guarda-Marinha Greenhalgh.

Grupamento Escolar e tripulação do CIAGA, durante a cerimônia. (Foto: Al. Ricardo Jesus/ Jornal Pelicano)

Além disso foram homenageados 120 brasileiros mortos durante o combate, e alguns militares do CIAGA, que foram agraciados com a Ordem do Mérito Naval, uma vez que se distinguiram no exercício de sua profissão.

Confira as fotos do evento abaixo:

Cerimônia - Batalha Naval do Riachuelo 2017

COMPARTILHAR
Fabricio
Aluno do 2º ano de Náutica da EFOMM, Coordenador-Geral do Jornal Pelicano e Vice-Presidente do Grêmio de Relações Internacionais.