Após semanas de planejamento e dedicação, a Sociedade Acadêmica da Marinha Mercante  (SAMM) realizou com muito orgulho um dos principais projetos da Diretoria Sociocultural para o ano de 2016: o Arraiá do CIAGA. Com o apoio da OM (Organização Militar), principalmente na segurança, o evento atingiu seu objetivo de ser aberto ao público. Familiares e amigos de alunos, oficiais e de toda a tripulação puderam passar o final da tarde na confraternização.

Shop 2017 wedding dresses NZ with discount price
Als. Natália e Thais Dias com a carrocinha de algodão doce e maçã do amor do Grêmio Católico. (Foto: Al. Lorrayne/ Jornal Pelicano)

Com quilômetros de bandeirinhas de Festa Julina espalhadas pela área reservada ao Arraiá, cruzado por metros de uma rede de iluminação para embelezar a noite, pelo CIAGA foram colocadas mesas e cadeiras para que os convidados, vestidos à caráter, pudessem passar o tempo e desfrutar das comidas típicas vendidas no evento. As belas e decoradas barraquinhas de alimento ofereciam ao público doces, como brownies, açaí, bolo, cuscuz, churros e algodão doce; salgados como churrasquinho, pipoca, cachorro quente e muito mais. Bebidas como “quentão” e drinks, podendo ser não alcoólicos, também estavam disponíveis para todos os maiores de idade – exceto álcool para os alunos de serviço.

Você está preso em nome da lei

                                                                             – ComAl. Berço Cruz

Logo após o pórtico de entrada, quem quisesse entrar mais no espírito de Festa Julina poderia vestir um dos chapéus de palha e seguir em frente para a diversão. As barracas de brincadeira contavam com clássicos como Boca do Palhaço, Jogo da Argola ou da Lata e Pescaria; brinquedos como Pula Pula, Touro Mecânico ou o Tobogã Inflável divertiam tanto crianças quanto adultos. Em especial entre os alunos da EFOMM, a brincadeira que mais parecia interessar era a de enviar o Xerife, Comandante-Aluno Berço Cruz, para prender alguns colegas de turma, ex-alunos ou até mesmo oficiais do setor ComCA. Nada como encarcerar por alguns minutos aquela pessoa que merece.

ball dresses nz
Comandante-Aluno, e Xerife por uma noite, Al. Berço Cruz prendendo o Ilmo. Sr. Imediato do Corpo de Alunos, CC Nei Moreira. (Foto: Al. Renata/ Jornal Pelicano)
beach destination wedding dresses UK
beach destination wedding dresses UK

A tarde virava noite e o forró não cessava. Pares se formavam e se desmanchavam ao som daquela música que embalava o Arraiá. Para acompanhar esse clima o correio do amor não parava. Nossos cupidos levavam mensagens de um lado para o outro e até declamavam no microfone a cartinha de alguns mais apaixonados. A festa também não podia deixar de ter o casamento. O problema foi que o galã de novela, e também aluno do 1º ano, Moreno foi quem decidiu se casar naquela noite. E um homem disputado desse só poderia arrumar confusão entre as mulheres. A quadrilha em homenagem ao “maridão” e suas duas noivas contou com a presença de vários outros pares alegres e saltitantes que foram prestar homenagem àquele curioso triângulo amoroso.

Por volta das 2130 o CIAGA começou a esvaziar. Os últimos casais, famílias e amigos tiravam suas fotos, mordiscavam um último prato e seguiam para suas casas. A noite iluminada às lâmpadas amarelas pareciam refletir a alegria do Arraiá e das pessoas que participaram do evento.

 Confira a Galeria de Fotos do Arraiá do CIAGA, preparado com muita dedicação pelos alunos da EFOMM:

Bridesmaid Dresses uk
(Fotos: Als. Lorrayne, Luiz Vieira, Colares, Renata e Natália / Jornal Pelicano)
COMPARTILHAR
Colares
Adaptador aluno do 3º ano de náutica, coordenador geral do Jornal Pelicano.