Enquanto a torcida pulava e rugia nas arquibancadas do ginásio, onde os nadadores e nadadoras das Escolas Militares brigavam até a última braçada nas águas da piscina da EPCAr, uma outra competição se desenrolava mais afastada dali.

Em uma pequena e silenciosa sala, com 6 tabuleiros distribuídos por ela, os atletas da Marinha e da Aeronáutica, sentados frente a frente, se confrontavam num jogo de inteligência e raciocínio rápido: xadrez. O clima era de tensão no ar. Todos de cabeça baixa, olhar fixo nas peças à frente, vez ou outra arriscando observar o adversário, tentando desvendar sua estratégia.

Sala com as partidas simultâneas de xadrez. (Foto: Al. Colares / Jornal Pelicano)
Sala com as partidas simultâneas de xadrez. (Foto: Al. Colares / Jornal Pelicano)

Os alunos da EFOMM tinham um grande desafio pela frente. Iriam enfrentar oponentes hábeis, com conhecimentos profundos sobre o jogo, visto que os alunos de Barbacena tem o Grêmio de Xadrez para aprimorar suas técnicas nesse esporte. O torneio de 6 rodadas, em que todos se enfrentariam, continha partidas de 21 minutos cronometrados disponíveis a cada jogador. Vitórias, somavam-se 1 ponto. Empates, 0,5; derrotas, 0 ponto. A equipe que somasse mais pontos, vencia o torneio por equipes. O jogador que somasse mais pontos, vencia o torneio individual.

Explicadas as regras, foi dado o início da competição. Confira a tabela abaixo com os resultados dos jogos.

EFOMM 17,5 18,5 EPCAr
Sérgio Mesquita 0 4,5 Helfer
Chagas 5 4 Conceição
Thales Lucas 6 3 Defilipo
Sampaio 2,5 1 Lopes
Arruda 3 2 Gugisch
Régis 1 4 Antônio

 

As disputas, às vezes rápidas e objetivas, às vezes longas com movimentos calculados, deixavam os espectadores apreensivos. A equipe da EFOMM vinha de uma vitória esmagadora contra os alunos do Colégio Naval, na MercNav. Porém enfrentavam adversários muito competentes. Entre eles o Al. Helfer, bicampeão individual de Xadrez da NAE, competição entre CN, EPCAr e EsPCEx.

Al. Thales Lucas inicia mais uma partida que venceria. (Foto: Al. Colares / Jornal Pelicano)
Al. Thales Lucas estuda suas opções no início de uma das partidas. (Foto: Al. Colares / Jornal Pelicano)

Infelizmente, a EFOMM não levou o título de campeã por equipes, perdendo por um ponto de diferença para a equipe anfitriã. Porém, nos resultados individuais, o Al. Thales Lucas do 1º ano conseguiu o ouro após vencer todas as partidas que jogou. Em 2º lugar ficou o Al. Chagas, também da EFOMM, com uma performance quase impecável, 5 vitórias e uma derrota. O bronze ficou com o Al. Helfer, da EPCAr.

Com o bom resultado, a equipe mercante seguiu de cabeça erguida na MercAer, tanto da parte da incansável torcida, quanto dos esforçados atletas, que demonstravam raça e perseverança nas arenas de Barbacena.

Confira a galeria de fotos da equipe de Xadrez:

DSC_0305
Al. Chagas raciocina para finalizar o oponente. (Foto: Al. Colares / Jornal Pelicano)

 

COMPARTILHAR
Colares
Adaptador aluno do 3º ano de náutica, coordenador geral do Jornal Pelicano.