Vôlei Feminino

Pela primeira vez, o time feminino de vôlei da EFOMM teve a oportunidade de competir em um torneio no ginásio de outra escola. A EPCAr, por sua vez, ainda não possui alunas em seu corpo de cadetes, entretanto, o time Atlanta Voleibol, da cidade de Barbacena (MG), foi convidado para o torneio, mostrando-se ser uma equipe bem coesa e entrosada.

Como resultado, os sets ficaram em 25 x 11, 25 x 7 e 25 x 11, com destaque para o início do terceiro set, com os pontos bem disputados. Destaca-se também a atuação das alunas Carmen Lucia e Kelly Ávila, que mostraram bom domínio das técnicas do voleibol; de recepção, na manchete, saque e bloqueio.

Meninas dos dois times posam para foto. (Foto: Al. Colares / Jornal Pelicano)
Meninas dos dois times posam para foto. (Foto: Al. Colares / Jornal Pelicano)

Vôlei Masculino

A equipe de vôlei da EFOMM entrou em quadra nervosa para o seu primeiro campeonato contra a EPCAr e não soube corrigir os erros durante o jogo, perdendo de 3 x 0 para o time da casa. Pressionados pela torcida animada deles e encontrando um time coeso do outro lado, nossos jogadores sentiram o jogo, cometendo erros que não foram vistos na última competição, a MercNav. O passe irregular e a dificuldade na virada de bola foram pontos decisivos para a vitória dos donos da quadra. As parciais do jogo foram:

Set
EPCAr 25 25 25
EFOMM 15 17 21

No primeiro set, as duas equipes se estudaram muito, sem arriscarem tanto no saque quanto no ataque. Começava aí a aparecerem as peças chaves do jogo, como o levantador da EPCAr que fazia um jogo bem acelerado, dificultando para o sistema block-defesa do time da EFOMM. Porém, do nosso lado tínhamos também o aluno Perrotta, nosso levantador de técnica apurada e velocidade nas decisões, que começou a perceber como o jogo seria e fez uma distribuição muito boa nas levantadas. Nosso ponteiro, aluno Frossard, recuperando a vaga de titular, iniciou bem o jogo no passe e virada de bola.

EFOMM comemora um de seus pontos. (Foto: Al. Leticia / Jornal Pelicano)
EFOMM comemora um de seus pontos. (Foto: Al. Leticia / Jornal Pelicano)

No segundo set, com algumas mudanças no time da EFOMM, tentamos uma reação, já que era possível após o final do primeiro set montar uma estratégia e marcar os melhores jogadores deles, como um de seus ponteiros que era um ótimo passador. Nosso líbero, aluno Goulart, então, sofreu uma lesão ao tentar uma defesa, precisando ser substituído pelo líbero reserva. Após a derrota no segundo set, fomos para o terceiro set com o time titular do MercNav. Porém, o psicológico e cansaço entraram em cena. Mesmo assim, o time da EFOMM passou a maior parte do set na frente do placar, deixando no final do set a virada para o time da EPCAr fechar o jogo de forma merecida.

Segundo o capitão e treinador da equipe da EFOMM, aluno Lisboa, o pré-campeonato não foi satisfatório, pois enfrentaram muitas dificuldades: “Alguns fatores contribuíram para nosso time não estar jogando de forma tão homogênea como estava na última competição. Não conseguimos dar sequência nos treinos nas semanas antecedentes à viagem para Barbacena por questões acadêmicas, então não nos preparamos adequadamente para enfrentar um time como o da EPCAr. Ter sido em menos de 1 mês após a última competição também dificultou a recuperação física de alguns jogadores importantes.

E o fator que mais pesou foi o psicológico, provavelmente por ter sido a primeira vez lá e com uma torcida que incomodava a favor deles.

Esses fatores não tiram, de forma algum, o mérito da equipe da EPCAr, que mostraram estar bem preparados para jogar com bastante volume e equilíbrio. Apesar da derrota, foi uma ótima experiência para analisar o que temos que melhorar para os próximos desafios.”.

(Colaboração textual: Al. Lisboa – Capitão da Equipe de Vôlei)

Confira a galeria de fotos, clicando na imagem abaixo:

IMG_9696
(Foto: Als. Felipe Dias e Joaquim / Jornal Pelicano)

 

COMPARTILHAR
Felipe Dias
Oficial-Aluno do 3º ano do curso de Náutica da EFOMM e Presidente do Jornal Pelicano. Sou extremamente grato pela oportunidade de liderar uma equipe motivada e que busca, da maneira mais profissional possível, transmitir a imagem do aluno da EFOMM e trazer conteúdos relativos ao universo mercante. Bem-vindos a bordo!