A competição de Orientação ocorreu no período vespertino do sábado, com seis alunos da EFOMM e sete do CN, mais alguns participaram apenas a critério de aprendizado, não contando para a pontuação final. Além da classificação por equipe, houve também a individual e os resultados foram diferentes dos obtidos na última edição.

Uma prova de orientação consiste em correr por um terreno à procura de pontos (prismas) marcados em um mapa, utilizando também o auxílio de bússola. Cada ponto possui uma espécie de grampeador (picotador) que perfura uma marcação no cartão-resposta dos competidores, provando que estes o encontraram.

Equipes da EFOMM e do CN posam para foto antes da competição. (Foto: Jornal Pelicano)
Equipes da EFOMM e do CN posam para foto antes da competição. (Foto: Jornal Pelicano)

Para balancear o fato de o terreno do Colégio Naval, palco do torneio, ser pequeno, os alunos tinham que caçar os prismas espalhados pelo local com um mapa e, em seguida, retornar ao ginásio do Colégio Naval para pegar outro mapa com novos pontos.

A proximidade entre prismas foi uma das maiores dificuldades da competição, enganando muitos dos alunos que se confundiram e marcaram os pontos errados em seus cartões-resposta, sendo desclassificados. Dos 13 atletas, apenas 6 acertaram a ordem, sendo quatro do CN e dois da EFOMM.

Pódio da competição de Orientação. (Foto: Jornal Pelicano)
Pódio da competição de Orientação. (Foto: Jornal Pelicano)

Os resultados individuais foram:

TEMPO COMPETIDOR EQUIPE
32:57 Al. Tolentino CN
36:28 Al. Márcio EFOMM
36:47 Al. Monteiro CN
38:22 Al. Lucas Souza EFOMM
41:49 Al. Silva Barbosa CN
48:01 Al. Vitor CN

Participaram, mas não se classificaram, os alunos:

Fábio Kafa, Aurélio, Grieger e Samba, da EFOMM; e João Vitor, Galvão e Eduardo, do CN.

Na classificação por equipes, o Colégio Naval ficou com a vitória.

Veja os melhores cliques da Orientação abrindo a foto abaixo:

IMG_6902

COMPARTILHAR
Márcio
Aluno do terceiro ano de Náutica, atualmente é o Vice-Presidente do Jornal Pelicano.